O LEMA DO KARATE O DOJO KUN. UMA MUDANÇA DE ATITUDE PARA A VIDA DO KARATECA

0
207
Existem alguns preceitos que conduzem o caminho em busca do aperfeiçoamento o qual o praticante deve percorrer dentro do Karate-Do rumo à iluminação através da pratica diária.
Por isso tentei analisar e refletir com maior profundidade e buscar entender mais sobre o Dojo kun e buscar assim aprimorar minha conduta dentro e fora do Dojô.
Você deve se perguntar qual a frase do Dojo Kun é mais importante? Com certeza a resposta é bastante simples: Todas, elas se relacionam, se complementam e tem o mesmo peso dentro do Karate-Do
Logo para todo praticante de Karate-do fica uma tarefa árdua refletir sobre cada frase antes de recita-las, procurar saber se no dia-a-dia você segue e se acredita de fato, ou até mesmo transmite ao seu colega.
ESFORÇAR-SE PARA A FORMAÇÃO DO CARÁTER.
“O caráter consiste numa mudança crônica do ego que se poderia descrever como um enrijecimento” (Reich, 1989, p. 151).
No Karate-Do o praticante deve ter um estado de concentração no cuidado com as atitudes éticas, pois o Karatê-do foi desenvolvido em nome da justiça.
Essa busca por manter como base sempre as atitudes éticas deve ser uma tarefa de reflexão diária. Um ponto importante é que o caráter pode ser moldado tanto para atitudes positivas quanto para as negativas, se você se deixar levar pela a arrogância ou pelo ego logo essa característica será tão ruim quanto cotidiana em sua vida.
Treine para manter sempre atitudes altruístas, seja movido pela positividade e logo agir corretamente e ter um bom caráter será como andar de bicicleta depois das primeiras pedaladas que se aprende, você quer andar para cada vez mais longe.
FIDELIDADE PARA COM O VERDADEIRO CAMINHO DA RAZÃO.
Como bem sabemos o “DO” remete a ideia de caminho.
“A Razão é a capacidade da mente humana que permite chegar a conclusões a partir de suposições ou premissas. É, entre outros, um dos meios pelo qual os seres racionais propõem razões ou explicações para causa e efeito. A razão é particularmente associada à natureza humana, ao que é único e definidor do ser humano.” (Wikipédia, 2018)
Todos os indivíduos têm seu próprio caminho a trilhar, entretanto para o praticante de Karate-Do existe um caminho seguro e sem tantas curvas e que quando percorrido de forma correta esse caminho é a busca constante pelo o aprimoramento tanto em sua vida cotidiana quanto em sua pratica de Karate-Do. Se você for fiel ao caminho escolhido para percorrer em sua vida suas decisões sempre serão pautadas por uma conduta justa e que certamente haverá maior coerência em suas decisões ao longo de sua vida.
Cultive maior humanidade que nesse caso se aplica em manter o sentimento de bondade, benevolência em relação as outras pessoas, seja sensato.
CRIAR INTUITO DE ESFORÇO.
Sempre use o Deai para suas variadas tarefas diárias, seu pensamento deve acompanhar suas ações, antecipe aquela fraqueza momentânea de deixar para amanhã seus compromissos com os treinos de Karate-Do, se possível faça hoje, quem sabe agora, a maior parte das tarefas da vida deve ser realizada pelo compromisso e disciplina.
Não existe vitória sem luta, não existe luta sem desafio, e não existe desafio sem motivação, todo o praticante deve buscar um caminho para alcançar os objetivos seja nesta prática, ou durante toda a sua vida. É preciso buscar motivação sempre compreendendo que a luta não decide o vencedor, ela simplesmente nos ensina que sempre haverá algo a apreender.
RESPEITO ACIMA DE TUDO.
O ser humano nasce para transgredir, para fazer as coisas muito mais motivado pela emoção do que pela razão, logo se aprende que é preciso respeitar o espaço das pessoas seja o espaço físico ou o respeito dentro de uma hierarquia.
A ideia seria que você antes de entrar em um Dojô para treinar Karate-Do aprender com as simples tarefas, como por exemplo a de organizar seus calçados, ou como atravessar na faixa de pedestre.
Claro isso é utopia, porém aprenda com gestos assim a pronunciar mais a palavra OSU! ao invés de tantos porquês dentro do Dojo. Aprenda com seu sensei, respeite seu senpai, cumprimente-os com seu olhar. Aliás seus olhos podem dizer mais sobre suas intenções do que sobre suas ações.
É dever dos praticantes estabelecerem essa relação de cordialidade em relação a seu Sensei e seus colegas. Conhecer um oponente é aprender técnicas que estavam ocultas na sua prática. Respeitar quem veio antes na prática do Karate-Do é primordial para o crescimento social e porque não dizer intelectual.
CONTER O ESPÍRITO DE AGRESSÃO.
A maior causa de desentendimentos e intemperes da vida ocorrem por agressividade exagerada. Está associada a hostilidade que pode partir de uma pré-disposição em ser alguém que a todo custo e sem limites quer ditar regras e padrões de comportamento a terceiros.
O exercício é cultive sempre o ato de estender as mãos a quem necessita se levantar. E é nesse ponto você percebe que muitas coisas podem ser conseguidas através de um diálogo pacifico e principalmente por aprender a ouvir seu oponente.
E talvez essa última frase do Dojo Kun simbolize verdadeiramente o ideal do Karate-Do, pois essa arte é primordialmente para defesa pessoal, às vezes é distorcida pelos adeptos que por vezes conduzem a pensamentos errôneos e a busca da vitória a qualquer custo.
CONSIDERAÇÕES FINAIS
Nesse texto o meu desejo foi refletir e analisar o Dojo kun em busca de maior compreensão e principalmente aperfeiçoar meu comportamento como Karateca e como ser humano.
Nota-se que hoje em dia muitos dos praticantes de Karate associam exacerbadamente a prática da artes marcial Karate-Do com uma simples disputa corpórea entre oponentes e penso que entre medir a força de um punho bem treinado e se tornar um exemplo de vida e superação para as novas gerações há um abismo imenso.
Para os estudantes assim como eu deixo minha impressão pessoal: O praticante deve entender que a habilidade de evitar um conflito é muito mais importante do que a de finalizar um conflito. Logo evitar conflitos remetem a melhor compreensão do Dojo Kun.
Respeite sempre seu Sensei, seu senpai, seus colegas, e principalmente sua segunda casa o Dojô que você treina.
Lembre-se o treino só termina após o OSU!
OSU!
Jefferson Oliveira
Professor de Educação Física e estudante Karate-do Shotokan
Extraído do Blog: Diário de um estudante de Karatê-Dô
COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here